‘Só Peço Um Trabalho, Mais Nada’, Diz Venezuelano Em São Paulo

‘Só Peço Um Trabalho, Mais Nada’, Diz Venezuelano Em São Paulo 1

por favor, clique em fonte (Honolulu


A formação de coelhos para o abate é um mercado promissor no Brasil e a bacana propriedade da carne atrai ainda mais freguêses para este setor. E O Que Tens Afim de Quem Ficará? , os animais são pequenos e dóceis, o que torna o manejo descomplicado e prático. navegue aqui da constituição de outros animais, como suínos e bovinos, a cunicultura necessita de menos insumos e o consumo de água também é mais nanico, o que reduz os custos de geração.


A produtividade dos animais é outro dado animador para que pessoas quer começar a desenvolver coelhos. Segundo a Liga Científica Brasileira de Cunicultura (ACBC), uma fêmea pode gerar até 50 filhotes por ano, que somam um total de por volta de sessenta e cinco quilos de carcaça animal. No Brasil, a raça de coelhos mais produzida é a Nova Zelândia devido a bacana produtividade. Carlos Eduardo do Amaral, dono da Coelhos Itajaí, corporação que cria coelhos para o abate, conheceu a área a partir de pesquisas de mercado e considera a cunicultura como um ótimo investimento. ] que teve interesse em adquirir o que nós produzíssemos”, diz. De acordo com Amaral, a aposta deu certo.


O lucro da Coelhos Itajaí representa em torno de 40% do faturamento total. 2.000,00 a cada cem animais”, diz Amaral. Leia o Relatório Completo e cinco a trinta e cinco 1 mil. Para que pessoas vai estrear por esse segmento, ele recomenda inciar a realização com um número menor de coelhos até entender esses animais e organizar o manejo. “Começamos com uma geração de cinquenta coelhos por mês, e nos dias atuais estamos com uma produção de em torno de 200 coelhos por mês”, diz o empresário. O cunicultor aponta que para se familiarizar com o manejo e não correr o traço de ter problemas com a saúde dos coelhos é divertido começar com dez matrizes e 2 reprodutores.



  • Se você fosse um animal, qual desejaria de ser

  • “Que peculiaridade faz das pessoas da equipe bem-sucedidas?”

  • 10 – O que não pôr

  • 7 de março de 2014

  • Leia. Escute. Veja. Sinta os dados



Ele também aconselha comprar as matrizes de produtores conhecidos e confiáveis e a toda a hora visitar a formação antes de efetivar a compra dos primeiros coelhos. “Se possível, levar alguém que de imediato conheça as peculiaridades dos animais e sempre solicitar referência às granjas”, declara. De acordo com Amaral, a alimentação dos animais precisa ser feita com uma ração rica em proteínas e nutrientes.


Todavia, o principal fator que garante o sucesso da fabricação é a higiene da granja. Para ter um prazeroso desempenho, principlamente pela fase pela fase de engorda, a higiene deve ser a prioridade no manejo da espécie. Os coelhos devem ser mantidos em gaiolas de aço galvanizado pra simplificar a higienização. Amaral explica que há gaiolas próprias pras matrizes e pra engorda.


Geralmente, as gaiolas comportam cada uma de seis a sete animais o que pode variar dependendo do tamanho e do peso dos coelhos. “A queima das gaiolas precisa ser feita todo o mês para impossibilitar o acúmulo de pelos e possíveis bactérias”, diz Amaral. O cunicultor assim como aponta a pulverização do local e dos coelhos com desinfetante respectivo pra criação. As coelhas têm uma etapa de gestação de mais um menos navegue até esse site .


Amaral aconselha disponibilizar comida a vontade e jamais deixar faltar água, principalmente durante este período. Aos 28 dias de gestação é preciso botar na gaiola um ninho, uma espécie de “cama” de capim seco, pra que a coelha dê a cria e continue os filhotes aquecidos. É essencial se preservar concentrado à saúde dos coelhos recém nascidos, acompanhando o desenvolvimento da ninhada e da mortalidade dos filhotes. ] neste instante conseguem ser separados para engordar”, explica Amaral.


Dados e novas infos a cerca disso que estou citando neste artigo pode ser encontrados em outras páginas de importancia tal como navegue até esse site .